Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Romanos 3’

Trabalho de:

Ian Potts

November 2, 2007

Tradução feita por: Luís Gomes

Romanos 1:17  Porque nele se descobre a justiça de Deus de fé em fé, como está escrito: Mas o justo viverá da fé.”

Romanos 3:26Para demonstração da sua justiça neste tempo presente, para que ele seja justo e justificador daquele que tem fé em Jesus.

No epistolo de Paulo para romanos encontra-se varias vezes e constantemente repetido a seguinte afirmação: “mas o justo viverá da fé“. Fé é o tema central do Evangelho, e sobre a salvação pelo Evangelho.

Em Romanos 3:26 lê-mos que Deus é o justificador dele que acredita em Jesus. Mas agora surge a pergunta: como pode um acreditar em Jesus? Mas o que é a fé? É esta pergunta que tem agitado muita gente criando confusão. Muitos pensam que a fé, um acreditar em certas coisas, acreditar que o homem pode reproduzir por si mesmo uma resposta exercitando a sua livre vontade a respeito do Evangelho. Mas as escrituras ensinam que o homem por natureza está morto espiritualmente perante Deus. A fé é algo que se tem de se receber de Deus, algo que se tem de se obter sendo uma oferta de Deus

Como podemos ler em Efésios 2:1E VOS vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados,“. O homem na sua condição natural não só está morto espiritualmente como surdo e cego para as coisas de Deus excepto o Espírito de Deus lhe mostre.

Leia os seguintes versos em explicação deste mesmo estado perpétuo extraídos da palavra de Deus encontrados em 1 Coríntios 2:10-16

 “Mas Deus no-las revelou pelo seu Espírito; porque o Espírito penetra todas as coisas, ainda as profundezas de Deus. Porque, qual dos homens sabe as coisas do homem, senão o espírito do homem, que nele está? Assim também ninguém sabe as coisas de Deus, senão o Espírito de Deus. Mas nós não recebemos o espírito do mundo, mas o Espírito que provém de Deus, para que pudéssemos conhecer o que nos é dado gratuitamente por Deus.  As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais. Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido. Porque, quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo.

Nenhum homem por natureza tem fé em Cristo é algo que lhe tem de ser dado por Deus. Como nós podemos ver claramente nos ensinamentos encontrados nas escrituras. A fé é uma oferta de Deus declara Paulo na carta para os crentes em Efésios 2:8

Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.

Este é o fruto do Espírito, Gálatas 5:22Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, temperança.” Fé que é oferecida ao povo de Deus para que eles possam acreditar no Evangelho que lhes é anunciado.

Estes dons vêem por meio da palavra de Deus quando pregada e como prova, leia a explicação de Paulo na carta para Romanos 10:14-17

Como, pois, invocarão aquele em quem não creram? e como crerão naquele de quem não ouviram? e como ouvirão, se não há quem pregue? E como pregarão, se não forem enviados? como está escrito: Quão formosos os pés dos que anunciam o evangelho de paz; dos que trazem alegres novas de boas coisas. Mas nem todos têm obedecido ao evangelho; pois Isaías diz: SENHOR, quem creu na nossa pregação? Mas nem todos têm obedecido ao evangelho; pois Isaías diz: SENHOR, quem creu na nossa pregação”

Em Hebreus 11:1 nos é dito que a ” fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem” é por este o princípio do qual o povo de Deus vive, porque “o justo viverá da fé.” E sem esta fé é impossível agradar Deus como podemos ler em Hebreus 11:6Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam.”

A fé do povo de Deus é exemplificada pela fé do Justo que as escrituras falam – O Senhor Jesus Cristo; da mesma forma como Jesus andou neste mundo assim também o Seu povo. Enquanto Cristo olhava para o Seu Pai, da mesma forma a criança de Deus olha para Cristo pela fé apesar de saber que nós, o povo de Deus não temos uma fé perfeita como a de Cristo; porque Cristo que viveu em absoluta e perfeita comunicação para com Pai.    

Não só a fé é partilhada pelo povo de Deus com Cristo o Salvador como a fé em si não pode ser separada da verdade naquilo que acredita. A fé acredita, confia e descansa na verdade do Evangelho; e na fé por si mesma. Estas duas coisas estão extremamente conectadas. Um não pode ter uma pura fé sem que escute o Evangelho e por sua vez quando Deus pela obra do Seu Espírito se agrada em abrir os ouvidos daquele que escuta o Evangelho resultando em fé.

Há algumas pessoas que falam da fé sendo um estado mental em consenso pela verdade do Evangelho. Mas a verdadeira fé que nos salva é muito mais que um simples consenso ou estado mental da letra. Apesar de muitos rejeitarem a verdade, também é verdade que muitos dos que são religiosos dizem sim ao evangelho apesar de não terem uma real e pessoal revelação com o Filho de Deus sendo seus Salvador. Eles aceitam os factos, mas a verdade declarada por esses factos nunca lhes foi revelada no interior sendo real. Uma simples crença intelectual que o sangue de Cristo foi derramado para lavar os pecados do povo de Deus, não significa com certeza que nós somos uma dessas pessoas do qual o sangue foi derramado.

A verdadeira fé é mais do que um consenso mental. Fé é aquilo que nasce da nova vida, tendo sido nascido de novo pelo Espírito, (João 3) o crente agarra-se firme ao Filho de Deus sendo-lhe revelado no interior do seu coração que Cristo é o seu Salvador pessoal. O verdadeiro crente não vê o derrame do sangue de Cristo numa forma superficial, mas sim a sua aplicação no coração e na sua consciência.

A fé que salva é uma realidade e não um consenso mental. É aquilo que nós vemos e sabemos. É aquilo que nós acreditamos, confiamos, que agarramos firmemente. É uma revelação interior, no coração, declaração que o Filho de Deus nos amou e morreu por nós que acreditamos.

 Gálatas 1:15-16Mas, quando aprouve a Deus, que desde o ventre de minha mãe me separou, e me chamou pela sua graça, Revelar seu Filho em mim,

Efésios 2:8-9Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Não vem das obras, para que ninguém se glorie;

AMEM

Anúncios

Read Full Post »